Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
@ DR

Sessões de esclarecimento sobre a plataforma BUPi

Os técnicos da Câmara de Boticas afetos ao Balcão Único do Prédio (BUPi) promoveram, nos últimos dias, várias sessões de informação, em diferentes freguesias do concelho, sobre a nova plataforma online.

-PUB-

As sessões realizadas nas diferentes aldeias das freguesias de Ardãos e Bobadela, Pinho, Alturas do Barroso e Cerdedo, Sapiãos, Covas do Barroso e Vilar e Viveiro permitiram esclarecer dúvidas e prestar mais informações à população sobre o novo serviço disponibilizado pelo município de Boticas.

A plataforma BUPi, inserida no Sistema de Informação Cadastral Simplificado, permite mapear, entender e valorizar o território português. Desta feita, os proprietários conseguem identificar os seus prédios, rústicos ou mistos, de forma simples e gratuita.
O balcão de atendimento presencial situa-se na Avenida de Sangunhedo, em Boticas, e conta com a presença de dois técnicos habilitados para apoiar e colaborar com os proprietários no processo de regularização cadastral.

A criação do BUPi nasce da candidatura “Boticas Território com Identidade” – NORTE-09-5762-FSE-000034, apresentada pelo município de Boticas e aprovada no âmbito do aviso NORTE-62-2020-23 – Capacitação dos Serviços da Administração Pública para a Implementação do Sistema de Informação Cadastral Simplificada (PI 11.1), com comparticipação do Fundo Social Europeu.

Segundo comunicado do município, durante os próximos dias realizar-se-ão mais sessões de informação nas restantes freguesias do concelho.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.