Domingo, 19 de Setembro de 2021
© Luís Amaral

Torre do Pinhão – Freguesia com tradição

A freguesia de Torre do Pinhão pertence ao concelho de Sabrosa e ao distrito de Vila Real.

-PUB-

O seu território ocupa uma área de cerca de 14 km2 de área, agregando as aldeias de Torre do Pinhão e Pinhão-Cel, com um total aproximado de 250 habitantes.

António Timóteo, presidente da junta de freguesia há quase 30 anos, realçou que a nível habitacional, Torre do Pinhão “ já teve três vezes mais [habitantes]”, mas atendendo ao crescente número de pessoas que tiveram que emigrar, “neste momento, temos cerca de 150 famílias no estrangeiro, distribuídas pelo Luxemburgo, Alemanha e França, e, nesse sentido, a aldeia mostra-se mais desertificada”.

Tendo em conta os terrenos férteis envolventes e o excelente clima que se faz sentir em Torre do Pinhão, a maioria dos habitantes vive essencialmente da agricultura. Ao longo do ano, nas hortas de cada família, a colheita é diversificada desde “milho, trigo, batatas, cebolas, feijão, entre muito mais”, afirma o autarca que conhece a região melhor do que ninguém.

Quando questionado sobre os pontos fortes da sua freguesia, António Timóteo destacou a Igreja Paroquial de Torre do Pinhão e a Igreja de Pinhão-Cel, bem como a Associação Cultural e Recreativa de Pinhão-Cel, um projeto com 14 anos e que mereceu elogios do atual autarca. “Há poucos projetos como este no país e quem não conhece, gostaria que viesse conhecer um dos maiores centros culturais”. Por fim, evidenciou, com enorme convicção, o Miradouro do Santuário do Senhor dos Aflitos, situado no Monte dos Carrujos, que oferece aos visitantes paisagens espetaculares sobre os montes da região, salpicados por árvores e afloramentos graníticos. Debruçado sobre a Barragem do Pinhão, que abastece de água quase todo o distrito de Vila Real, afirma-se como um dos lugares mais atrativos da freguesia e um ponto de passagem obrigatória em Torre do Pinhão.

Igreja Paroquial de Torre do Pinhão © Luís Amaral

 

“Estou aqui para servir e não para ser servido, gosto da minha freguesia e toda a gente me conhece. Desde pequeno que habito nesta freguesia e só estou aqui por um simples motivo: Gosto de ajudar as pessoas”. Como presidente de junta, posso dizer que tenho uma das melhores freguesias do concelho de Sabrosa”
António Timóteo, Presidente da JF de Torre do Pinhão

Tradições, Festividades e Gastronomia

Terra de tradições e festividades, esta freguesia é caracterizada pela boa gastronomia e animação. Segundo o autarca “em Torre do Pinhão temos festa o ano inteiro”.
O ano inicia com os tradicionais foguetes e a memorável fogueira da noite de consoada que se repete na passagem do ano. Segue-se o cantar dos reis e os inesquecíveis dias de Carnaval.“ A Torre do Pinhão festeja, mas Pinhão-Cel é mais animado, é uma aldeia que gosta de manter o Carnaval vivo e aceso quase como no Brasil”, disse alegremente António Timóteo, enumerando as festas de verão muito acarinhadas pelas pessoas da terra e pelos emigrantes, que anseiam todo o ano pelas tradicionais romarias.

“Temos a festa do Senhor dos Aflitos, no primeiro domingo de agosto, no Monte dos Carrujos, a festa da Senhora da Paz, no último domingo do mesmo mês, em Pinhão-Cel e a festa em honra do Mártir São Sebastião, no primeiro domingo de setembro, em Torre do Pinhão.

Além disso, António Timóteo enfatizou que a freguesia é também feita de boa gastronomia, destacando “o cordeiro assado no forno, acompanhado com batata assada e arroz” como um ex-líbris da freguesia.

Igreja de Pinhão-Cel © Luís Amaral

Atividade física dos 8 aos 80 anos

Torre do Pinhão é uma das freguesias transmontanas que mais se preocupa com os seus habitantes. Nesse sentido, a junta de freguesia muito tem feito para proporcionar às suas gentes uma melhor qualidade de vida e bem-estar.Por essa razão, nos últimos anos tem se focado na requalificação de espaços adequados à prática de atividade física.

Em Pinhão-Cel encontramos, ao ar livre, o recente Parque Geriátrico, equipado com máquinas onde há informação sobre a correta utilização das mesmas e respetiva tipologia de exercícios para todas as idades, bem como dois campos de futebol, um de 11, em terra batida, e um de 5, em piso sintético.

Em Torre do Pinhão, recentemente requalificado, encontramos um polo desportivo com piso de relva sintética e equipado com balneários femininos e masculinos destinados às equipas de arbitragem.

Polo Desportivo de Torre do Pinhão © Luís Amaral

Incentivo de fixação jovem

Com o objetivo de fixar os jovens na freguesia de Torre do Pinhão, a junta de freguesia tem feito um esforço no sentido de reduzir o envelhecimento nas duas aldeias. “Estamos a dar um apoio de mil euros a todos os jovens carenciados para poderem comprar um terreno e começar a construção das suas habitações e ao mesmo tempo estamos a contribuir para as despesas das licenças e demais burocracias da câmara municipal”, sublinhou o presidente, realçando que a distância entre Torre do Pinhão e Vila Real é curta e, nesse sentido, ultimamente, a aldeia tem sido muito procurada por empresas para aqui instalarem os seus negócios.

Relógio do Sol

Situado na aldeia de Pinhão- Cel, permanece perpetuado desde o ano de 1874. O relógio do Sol de ornamentação geométrica e vegetalista. Em tempos, este relógio em pedra era muito utilizado para medir o tempo com base na posição do sol. As pessoas da aldeia serviam‑se desta invenção para se orientarem temporalmente e saber exatamente as horas de plantio, colheitas e regadio.

Relógio do Sol © Luís Amaral

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.