Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Um milhão de euros para as Juntas

O município de Chaves vai transferir, ainda este ano, cerca de um milhão de euros para as freguesias do concelho, através de protocolos de concessão de apoio financeiro já assinados

-PUB-

As 39 freguesias do concelho de Chaves irão receber cerca de um milhão de euros de apoio por parte do Câmara Municipal. A assinatura formal dos protocolos de concessão de apoio financeiro foi realizada na quarta-feira, sendo que estes totalizam 840 mil euros, montante ao qual se junta o apoio anual à Associação de Freguesias, valor que ronda os 80 mil euros.

De acordo com o município, a juntar a estes apoios, encontram-se em execução “investimentos em obras de importância local, como alargamento da rede de saneamento, beneficiação de estradas e caminhos municipais, melhorias na rede de abastecimento de água, beneficiação e alargamento da rede de iluminação pública” sendo que, “até ao final do ano outros começarão a ser executados”.

Segundo avançou Nuno Vaz, presidente da autarquia flaviense, o objetivo é “chegar ao final do mandato, em 2025, com uma atribuição anual de um milhão e meio de euros”. Para tal, o autarca ambiciona “ter condições financeiras para concretizar esse objetivo, já que as populações locais merecem e o trabalho dos presidentes de Junta é credor dessa nossa ambição”.

A transferência de verbas para as Juntas de Freguesia do concelho é “uma das prioridades do executivo municipal”, que procura “garantir um nível satisfatório de investimento em todas as localidades, numa gestão mais eficiente dos recursos financeiros, uma vez que os autarcas locais se encontram mais próximos das populações”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.