Domingo, 26 de Setembro de 2021
©DR

Vila acolhe nova Associação do Corso Português

A Associação do Corso Português foi constituída no dia 15 de maio, em Murça. A sua atividade é considerada de âmbito nacional, mas, também, de trabalho e partilha transfronteiriça com a sua congénere – a Associação do Corso Espanhol.

-PUB-

A sede desta nova associação foi fixada no concelho de Murça e os seus órgãos sociais têm na sua constituição pessoas de todas as regiões do país, relacionadas com a atividade cinegética e ligadas à investigação e ao estudo do corso.

A associação tem por objeto o “conhecimento e o estudo das populações portuguesas de corço, designadamente quanto ao seu habitat, à conservação e manutenção dos respetivos equilíbrios nos espaços rurais e florestais, assim como à melhoria da sua gestão, ao exercício regulado da sua caça, ao seu desenvolvimento sustentável no mundo rural e à potenciação dos benefícios económicos para as populações rurais decorrentes da sua caça sustentável”.

Em comunicado, foi revelado que se pretende que o turismo cinegético “seja uma atividade importante na revitalização das comunidades, como rendimento principal ou de complemento a outras atividades tradicionais”. 

Este trabalho exige uma “elevada preparação e profissionalização das estruturas de gestão cinegética, capazes de garantir as melhores práticas de sustentabilidade ambiental, e uma oferta de produtos e serviços capazes de corresponder ao interesse dos consumidores deste segmento de produto”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.