Domingo, 22 de Maio de 2022

Vila Pouca e Fontelas vencem jogos em atraso

Fontelas surpreendeu o Ribeira de Pena ao impor uma pesada derrota por quatro bolas a zero, enquanto o Vila Pouca venceu em Constantim pela margem mínima

Em jogo realizado ontem, o Vila Pouca foi ao reduto do Constantim vencer por duas bolas a uma, num jogo que se encontrava em atraso da 19º jornada da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Vila Real (AFVR).

Este jogo foi adiado devido ao nevoeiro que assolou o Estádio do Cruzeiro na tarde de 16 de fevereiro. Na altura, o jogo ainda começou, mas foi interrompido cerca de 10 minutos depois, quando a equipa da casa vencia por uma bola a zero, com um golo de Levi Leandro, que no jogo de ontem ainda atirou uma bola ao poste. O jogo foi retomado e foram disputados os minutos que faltavam, com o Vila Pouca a ser mais forte e a levar os três pontos na bagagem, com os golos de Eduardo Teixeira e Miguel Neves.

Os minutos finais foram quentes, onde se instalou alguma confusão, uma vez que os adeptos do Constantim dizem que foram “claramente prejudicados pela arbitragem”.

O Vila Pouca continua em quinto lugar, com 60 pontos, enquanto o Constantim está 15º lugar com 20 pontos conquistados.

Hoje, o Fontelas foi ao Campo do Cavalinho surpreender o Ribeira de Pena, com uma goleada por quatro bolas a zero.

O jogo era referente à 23ª jornada do campeonato da AFVR. O Fontelas está na 14ª posição, com 24 pontos. Apesar da derrota, o Ribeira de Pena, que vinha a subir de produção, continua à frente do Fontelas (13º lugar), com mais três pontos.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.