Quarta-feira, 24 de Abril de 2024
No menu items!

Vila Real e Bragança em alerta para queda de neve

As temperaturas vão descer a partir de hoje, e até sexta-feira, na ordem dos 10 a 12º. Espera-se o regresso da chuva, do vento e até da neve.

-PUB-

De acordo com o IPMA, aproxima-se “uma superfície frontal fria” que vai trazer “precipitação e intensificação do vento já para o final do dia de hoje”.

“Temos para o fim do dia chuva fraca no Minho e Douro litoral e a passagem da frente na quinta-feira de norte para sul com períodos de chuva em todo o território, passando a regime de aguaceiros”, indica Cristina Simões, do IPMA.

De acordo com a meteorologista, na quinta-feira “os aguaceiros serão já de neve a começar nos pontos mais altos da Serra da Estrela e depois a cota desce gradualmente até aos 800 a 1.000 metros de altitude”.

O IPMA emitiu aviso de queda de neve entre as 21h00 de quinta-feira e as 19h00 de sexta-feira nos distritos de Bragança, Viseu, Castelo Branco, Porto, Guarda, Vila Real, Viana do Castelo e Braga.

“O vento será especialmente forte no litoral e nas terras altas com rajadas até 60 quilómetros por hora no litoral e 80 a 85 nas terras altas na quinta e sexta-feira. Quero chamar também a atenção para a agitação marítima, que será forte a partir de quinta-feira, tendo o IPMA já emitido avisos amarelo e laranja”, afirma a meteorologista, avisando que as temperaturas “vão descer gradualmente a partir de hoje e até sexta-feira”.

“As temperaturas têm estado muito acima da média para a época do ano. Ainda estamos em fevereiro. Mas vão descer para níveis mais habituais”, indicou.

A meteorologista do IPMA adiantou ainda que pelo menos até ao fim de semana vai manter-se a chuva no norte e centro e as temperaturas também vão continuar baixas.

“Nos próximos dias e porque as temperaturas descem e temos intensificação do vento, as pessoas vão sentir um maior desconforto térmico”, conclui.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.