Domingo, 25 de Setembro de 2022

Alto Tâmega e Barroso apostam na agricultura biológica

O 1º Fórum da Bio Região do Alto Tâmega e Barroso – Caminho da Sustentabilidade decorreu no Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade (BNB) e contou com a presença da Diretora Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN), Carla Alves.

-PUB-

Esta iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e Barroso (CIMAT) teve como tema central o desenvolvimento sustentável e a valorização dos produtos biológicos da região.

No discurso de abertura, Fernando Queiroga, Presidente da Câmara de Boticas, referiu que “para que haja incentivo dos agricultores locais, também é importante que o Governo valorize os territórios do interior do país, nomeadamente a região do Alto Tâmega e Barroso, este último classificado como Património Agrícola Mundial, em 2018”.

Carla Alves refere que “é um evento de enorme importância para esta região, uma vez que estamos na única região do Norte que é uma bio região”.

“A agricultura biológica exige grande capacidade técnica. Ao contrário do que muitos pensam, que é quase não mexer ou não tocar; é necessária uma grande capacidade técnica e um grande conhecimento sobre esta temática”, acrescenta.

Já o Secretário Executivo da CIMAT, Ramiro Gonçalves, foi o responsável por apresentar o memorando da Bio Região Alto Tâmega e Barroso e confessou que “existe uma visão, e a nossa visão sempre assentou neste pressuposto: ver nas dificuldades, oportunidades, pensar ao contrário e pegar naquilo que nós já temos de endógeno”.

 

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.