Sábado, 21 de Maio de 2022

Autoridades continuam as buscas por homem desaparecido

Manuel Martins, 64 anos, residente em Linharelhos, freguesia de Salto, concelho de Montalegre, continua desaparecido. Foi visto, pela última vez, ao final da tarde de segunda-feira

De acordo com o tenente-coronel Eduardo Lima, Oficial de Comunicação e Relações Públicas do Comando Territorial da GNR de Vila Real, “infelizmente, ainda não tivemos sucesso na busca. Durante o dia de hoje tivemos meios do nosso destacamento no local, além de equipas cinotécnicas. Por agora, as buscas estão interrompidas. Iremos retomá-las amanhã de manhã”.

Também Hernâni Carvalho, comandante dos Bombeiros Voluntários de Salto lamentou “que não haja novidades. Para já, não há nada de novo. Além dos meios oficiais, contamos com a ajuda de vários populares que também se têm empenhado nesta busca”.

O perímetro “embora não muito, vai sendo alargado. Hoje já houve um alargamento de perímetro e amanhã iremos continuar com essa estratégia, alargando ainda mais”, explicou o tenente-coronel.

Segundo Hernâni Carvalho, “o perímetro inicial era muito reduzido, uma vez que o senhor foi visto, pela última vez, a cerca de um quilómetro da habitação, onde era expectável que estivesse, e, portanto, foi descartada, em primeiro lugar, qualquer hipótese nesse perímetro”.

Manuel Gonçalves Martins, conhecido por “O Vieirinha”, está desaparecido desde o final da tarde de segunda-feira, altura em que foi visto, pela última vez, por um popular. Ao que a VTM conseguiu apurar, Manuel vive sozinho e costuma fazer caminhadas.

De acordo com comandante, “o alerta chegou-nos através de uns vizinhos que, no quartel, por volta das 23h30 de segunda, nos explicaram que o senhor não tinha aparecido na casa deles, como era habitual, para fazer a medicação. Posto isto, alertámos as autoridades”, explicou Hernâni Carvalho.

Depois do apelo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Salto, também a Junta de Freguesia recorreu às redes sociais para apelar ao “contributo possível” dos saltenses, pedindo que se mantenham “ativos” na divulgação do desaparecimento. “Ajude, partilhando e dando informações”, reiterou a presidente, Catarina Gonçalves.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.