Quinta-feira, 25 de Abril de 2024
No menu items!

Mondim de Basto marcou presença na BTL

O Município de Mondim de Basto esteve presente na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), para cinco dias dedicados à promoção do património natural e dos produtos locais, no “maior evento de turismo realizado em Portugal”.

-PUB-

A comitiva de Mondim de Basto decidiu integrar quatro espaços distintos de promoção do território: um stand próprio, o stand Minho IN – Amar o Minho; a área de promoção da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal e o stand do Turismo Religioso do país, cuja organização coube ao município de Ourém.

Ao nível de produtos a autarquia decidiu, para a edição deste ano, apostar na promoção do programa “Abre Asas Até Mondim”, uma iniciativa a decorrer já no próximo mês de abril que alia os desportos de natureza aos espetáculos culturais e à gastronomia.

Além disso foi também apresentado o “Roteiro Religioso” no stand conjunto do Turismo Religioso e no Miniauditório da Porto e Norte e, ainda o projeto “Levadas do Alvão”, no Espaço Minho IN.

Os agentes turísticos do concelho também estiveram presentes no evento, tendo dinamizado um showcooking de carne maronesa, uma provas de vinhos, de mel e de doces tradicionais e com a apresentação das atividades do Clube de Parapente “Asas da Sr.ª da Graça”.

O presidente da Câmara Municipal, Bruno Ferreira, “manifestou o orgulho de ver a comunidade mondinense unida no propósito de desenvolvimento e reconhecimento do concelho como um destino de excelência”.

O autarca refere ainda que o investimento do município na participação em mais uma edição da BTL, é demonstrativo “do empenho da autarquia na aposta em ações de promoção do concelho e de todas as suas potencialidades turísticas, culturais, gastronómicas, desportivas e patrimoniais”.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.