Segunda-feira, 4 de Março de 2024
No menu items!

Recuperados podem tomar segunda dose da vacina se for precisa para viajar

Os recuperados de Covid-19 em Portugal e que tenham de viajar para países que exigem as duas doses das vacinas já podem tomar a segunda dose, indica uma norma da Direção-Geral da Saúde (DGS).

-PUB-

Em Portugal, o esquema vacinal para pessoas infetadas com a doença prevê a toma de apenas uma dose da vacina. Contudo, em países como o Canadá ou o Reino Unido é exigido que, quem vem de fora, esteja vacinado com as duas doses.

Nesse sentido, a DGS adaptou o esquema vacinal para que estas pessoas não tenham de fazer quarentena na chegada a outros países.

“Para facilitar a vida a todas as pessoas que necessitem de se deslocar para países onde são exigidas duas doses, mesmo para as pessoas que recuperaram, quem necessitar dessa dose, dirige-se a um centro de vacinação, diz que se vai deslocar para um desses países e ser-lhe-á administrada a segunda dose”, explicou a diretora-geral da saúde, Graça Freitas, em entrevista à RTP.

Sem esta segunda dose, os recuperados de Covid-19, oriundos de Portugal, teriam, por exemplo, de fazer uma quarentena de 14 dias ao chegar ao Canadá e de 10 dias ao Reino Unido.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.