Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022
Paulo Reis Mourão
Paulo Reis Mourão
Economista e Professor Universitário na Universidade do Minho. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Sobre a diminuição das distâncias

Quem me conhece, sabe da paixão que tenho por livros. E esta bibliofilia tem-me permitido possuir autênticas raridades que exploro com uma atenção muito especial. Desde um exemplar de um Missal do século XVIII (adquirido por um tetravô, em primeira edição), até a um exemplar da “Questão Financeira Resolvida” de Barbosa Leão (livro de 1868 que motivou a minha publicação no Journal of Economic Literature), muitos outros exemplares (em Português ou não) venho mantendo, como material de análise e partilha crítica nas aulas e como foco de estudo detalhado.

-PUB-

Um desses exemplares é do manual político que inspirou o fontismo em Portugal. Fontes Pereira de Melo leu com minúcia o “Cours d’Économie Politique” do professor Michel Chevalier e dele extraiu a ideia de que o desenvolvimento só pode acontecer quando os custos de transporte são reduzidos, quando as mercadorias chegam rapidamente, com qualidade e com preço acessível aos mercados, e quando as portagens são mínimas. Como podem imaginar, este exemplar, de 1842, é uma das preciosidades que tenho analisado. Resultante dessa análise crítica, vai ser publicado o artigo “Discussing Chevalier’s data on the efficiency of tariffs on American and French canals in the 1830s” no Sage Open.

O autor deste “Cours” foi um político

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

Mais Lidas

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.