Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022
Eduardo Varandas
Eduardo Varandas
Arquiteto. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

UM HOMEM INESQUECÍVEL

Há homens que, pela sua simplicidade e postura cívica, se tornam verdadeiros ícones da sociedade a que pertencem.

-PUB-

Lembro-me de ter tido o privilégio, durante a minha juventude, de conviver com um homem que reunia, em si mesmo, essas qualidades icónicas que os diferenciam do comum dos mortais. Chamava-se António Francisco Fernandes. Guardo dele a imagem de um homem bom, sóbrio e sociável. Não sabia ler nem escrever, mas fazia “contas de cabeça” com um rigor matemático de fazer inveja a muitos letrados.

Morava numa casa arrendada, muito modesta, no centro de Guiães, situada num pequeno beco, mesmo ao lado do edifício onde hoje funciona a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo, paredes – meias com a taberna do saudoso Toninho Monteiro. Era neste estabelecimento que algumas vezes passava as tardes de entretenimento, jogando à

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

Mais Lidas

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.