Quarta-feira, 10 de Agosto de 2022
Barroso da Fonte
Barroso da Fonte
Escritor e Jornalista. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Celebrar Abril com livros e autores

O atual Executivo da Câmara de Vila Real passou a celebrar - e bem - o 25 de Abril com um encontro de escritores. Estes, por via de regra, produzem livros. E os livros, se forem bons, merecem o tempo que se gasta a lê-los e a apregoá-los. Até meados do século XX publicavam-se poucos, porque poucos eram os escritores que dispunham de capacidade intelectual para se sujeitarem à crítica. E também por serem poucos aqueles que dispunham de meios para custear as edições.

-PUB-

Contavam-se pelos dedos da mão direita os autores que a tanto se atreviam. E pelos dedos da mão esquerda aqueles que chegavam às livrarias e circulavam como obras de sucesso. Talvez por serem recatados e não terem a certeza do seu mérito, em cada século apurava-se uma dúzia de artistas da palavra, ora em prosa, ora em poesia. Ainda hoje esses nomes se conhecem.

Com o eclodir da revolução dos cravos e graças à explosão universitária, trocou-se a enxada pelo computador e a Torre do Tombo pelo recurso à Net. Deixaram de fornecer microfilmes porque o livro Negro que os continha, foi editado e comercializado nalgumas bibliotecas universitárias. Dizem, do lado de lá, que é preferível

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

Mais Lidas

Acidente com moto 4 faz dois mortos

PREMIUM

Despiste em Atei faz um ferido grave

Homem detido por fogo posto

PJ faz nova detenção por fogo posto

Dois detidos por tráfico de droga

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.