Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022
Adérito Silveira
Adérito Silveira
Maestro do Coral da Cidade de Vila Real. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Coral da Cidade de Vila Real no Arquivo Municipal – encerramento de atividades

Lugar aprazível em noite serena e convidativa para desfrutar da contemplação do espírito através da harmonia dos sons…

-PUB-

O coro tinha pela frente uma atuação peculiar, expectante perante a atuação do encerramento do ano…a assistência em grande número manifestava-se em desejos e vontades para fruir de uma boa audição: a noite perfumava-se com os aromas necessários para uma boa audição.

Foi reconfortante os aplausos, as vibrações adejantes que estimularam os cantores para o melhor desempenho possível…

Sim, o grupo cantou ao ar livre em frente ao magnífico edifício- antigo Colégio da Boavista- mas aquele lugar é mágico e vislumbra os olhares…inspira.

Parabéns aos coralistas pela entrega à arte da música coral, arte que representa no universo dos sons a sublimidade do fascínio, emocionando quem canta e quem ouve…
Obrigado à Dra. Carla Eiriz pela simpatia e diligência em tão bem nos receber. À Dra. Mara Minhava um agradecimento sincero e caloroso pelas palavras bonitas de apreciação e encorajamento…

O Coral da Cidade de Vila Real tem tido ao longo dos seus quase 15 anos de existência diversas atuações a sul do Rio Douro, como: Santarém, Leiria, Batalha, Pombal, Seia, Águeda, Coimbra, Vila da Feira, Gondomar, Oliveira do Douro, Mesão Frio, Lamego, Tongobriga e agora Gouveia…

A deslocação a uma cidade serrana por excelência teve contornos de uma hospitalidade que emocionou os coralistas. Uma organização exemplar que primou em pleno numa receção que ficará na memória de todos os elementos que compõem o Coral da Cidade de Vila Real.

Este evento cultural foi organizado pelo Orfeão da Santa Casa da Misericórdia de Gouveia e conta já com o 33º Encontro de Coros da cidade local.

A cidade de Gouveia é um recanto belíssimo, um lugar mágico de particular hospitalidade. O seu património cultural, as belezas naturais e a sua gastronomia, são aspetos gratificantes para que se possa ir lá com tempo e contemplar um espólio de interesses variadíssimos…

Uma outra participação do Coral de Vila Real, teve lugar em Santarém no dia 25 de abril, onde também atuaram o Coro Capela Marta de Póvoa de Varzim, o Orfeão da Santa Casa da Misericórdia de Gouveia, Coro do Círculo Cultural Scalabitano… a Igreja da Graça foi nesse dia lugar de harmonia e júbilo.

Como é já habitual, o coro atuou na Sé da nossa cidade em concerto de Natal, esteve na abertura dos presépios e ofereceu igualmente à população vila-realense o tradicional concerto de Páscoa na Capela Nova.

A música vocal é um grande fator de elevação espiritual e psicológica. Cantar funciona como ginástica moral que irmana, anima, fortalece e conquista.
Feliz aquele que tem a música no coração.

Mais Lidas

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.