Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022
©EN

Vai arrancar curso de olaria em Bisalhães

Está para breve o arranque do curso de olaria, em Bisalhães. O objetivo é formar pessoas para que possam continuar com a arte, que está em vias de extinção.

-PUB-

Há cinco anos, o processo de confeção do Barro Preto de Bisalhães recebia o selo de Património Imaterial da Humanidade, por parte da UNESCO.

Para não deixar morrer esta arte, a Junta de Freguesia de Mondrões, em parceria com o IEFP, vai avançar com um curso de olaria, que deverá arrancar no início de 2022.

“Antes da pandemia já tínhamos algumas inscrições, mas com todas as restrições não foi possível avançar. Vamos contactar essas pessoas e esperamos, em breve, avançar com o curso. É um passo importante para termos pessoas a trabalhar nesta arte e não a deixem morrer”, explicou Félix Touças, presidente da junta de freguesia.

Esta será a primeira formação do género levada a cabo pelo IEFP. Segundo Paulo Antunes, “não há uma faixa etária definida, embora não possam ser pessoas com menos de 18 anos. Será um curso destinado quer a empregados, quer a desempregados, até porque teremos formação em pós-laboral”, indica.

Para avançar, o curso precisa de, pelo menos, 15 inscritos, número que o presidente da junta acredita ser possível, até de ultrapassar.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.