Sábado, 27 de Novembro de 2021

A Imprensa Regional

Nunca seria necessária qualquer pandemia para se aferir a importância da Imprensa Regional. Mas para aqueles que por qualquer razão poderiam ainda colocar em causa o papel relevante que este setor representa, então temos aí infelizmente esta situação de crise à escala mundial para perceberem melhor a sua importância.  O esforço efetuado pelas empresas detentoras […]

-PUB-

Nunca seria necessária qualquer pandemia para se aferir a importância da Imprensa Regional. Mas para aqueles que por qualquer razão poderiam ainda colocar em causa o papel relevante que este setor representa, então temos aí infelizmente esta situação de crise à escala mundial para perceberem melhor a sua importância. 

O esforço efetuado pelas empresas detentoras de órgãos de comunicação à escala regional, tem sido brutal para que as edições continuem a sair, dando com isso um sinal de inteiro respeito com os seus assinantes e com os seus leitores. Num mundo cada vez mais digitalizado e onde as informações falsas e os boatos se propagam a uma velocidade “cósmica” e onde muitas vezes apenas nos entram “casa dentro” notícias dos grandes meios urbanos, é precisamente aí que entra a dita Imprensa Regional, que para além de fazer o “filtro” das notícias de forma a aferir a sua autenticidade e veracidade nos dá uma visão e uma informação mais atualizada das respetivas regiões. 

Atente-se no exemplo de “A Voz de Trás-os-Montes”, que através do esforço dos seus profissionais, tem estado diariamente através de diários informativos a dar um retrato daquilo que se vai passando em toda a nossa região. Falando com pessoas de várias áreas desde autarcas a profissionais de saúde passando por outro tipo de atividades.

Tenho ouvido falar de apoios para este e para aquele setor, quero acreditar que o setor da comunicação social também será visto com o respeito e a importância que merece para esse tipo de apoios. Penso que tem prestado um serviço muito relevante ao país neste período anormal; não deixando de informar e evitando muitas vezes os disparates das redes sociais. Para nem falar no papel de forte ligação que este tipo de imprensa presta junto das comunidades espalhadas pelos vários continentes, fazendo com que o laço com as terras de origem se vá mantendo de forma mais estreita.

Sei que durante muito tempo, a Imprensa Regional foi vista como uma espécie de “parente pobre” dentro do vasto universo de comunicação, mas não o poderá ser mais. Não fosse muitas vezes a divulgação por parte dela, muitas das realizações que se vão fazendo um pouco por cada uma das várias regiões nunca chegariam ao conhecimento da generalidade, não só dos locais como também de pessoas de outras proveniências, que se deslocam muitas vezes para as mesmas, contribuindo e muito para a economia local. 

Está mais que na hora das pessoas olharem para os “seus jornais” de outra forma e se todos contribuirmos poderemos ter uma comunicação social à escala regional ainda mais forte. Quando falo em “contribuição” falo em novos assinantes. Falo em novos leitores e falo nas empresas que poderão ter um bom retorno ao publicitarem, quer em termos digitais quer no formato papel. Os apoios que se falam terão pois que vir também para  este setor.

Mais Lidas | opinião

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.