Sexta-feira, 7 de Maio de 2021
Joana Moreira da Silva
Médica Veterinária. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Pseudogestação nos animais domésticos

O termo pseudogestação ou gravidez psicológica define um conjunto de comportamentos e sinais clínicos de gestação em fêmeas que não estão gestantes

O termo pseudogestação ou gravidez psicológica define um conjunto de comportamentos e sinais clínicos de gestação em fêmeas que não estão gestantes. Esta condição é frequente em cadelas e é rara em gatas e geralmente acontece dois meses, após o cio como resultado de alterações hormonais. A história do animal, a palpação abdominal e exames complementares, como a radiografia e/ou ecografia, são importantes no diagnóstico. A maior parte dos tutores identificam este problema pelo comportamento de ninho, pois a fêmea adota brinquedos ou objetos como se fossem suas crias.

Outros sinais clínicos podem ser observados como alterações no apetite, aumento de peso, distensão abdominal, prostração, vómitos, diarreia e desenvolvimento da glândula mamária com produção de leite ou de uma secreção aguada/acastanhada. Estes sintomas tendem a desaparecer em três semanas. Os passeios mais prolongados são aconselhados, pois é uma forma de distração que reduz a ansiedade e permite retirar de forma despercebida os objetos adotados como suas “crias”. No caso em que ocorre produção de leite deverá consultar o médico veterinário para que lhe seja administrado um inibidor da lactação. A colocação de compressas frias, alternadas com compressas quentes, nas glândulas mamárias, podem ajudar a reduzir a inflamação e o desconforto. É importante que a cadela também não as lamba, pois, este comportamento estimula ainda mais a secreção de leite, pelo que o uso de colar isabelino está indicado. O tratamento de eleição para a pseudogestação é a esterilização (ovariohisterectomia), uma vez que as cadelas que apresentam uma vez este problema têm futuras recidivas, o que aumenta a predisposição para o desenvolvimento de tumores mamários, infeções mamárias (mastites) e infeções uterinas (piómetra).

Curiosidade

Sabia que… a salsa tem efeito inibidor na secreção de leite pelo que se torna aconselhado a sua utilização, ou triturada sobre o alimento ou fervida sob a forma de chá.

Mais Lidas | opinião

Chaves primeiro

A Raspadinha e a Pobreza

Portugal do Séc. XXI

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.