Quinta-feira, 5 de Agosto de 2021
Joana Moreira da Silva
Médica Veterinária. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Porque os animais de coçam?

Os problemas de pele representam cerca de 25-30% das consultas dos nossos animais de estimação e o prurido é o sinal clínico mais comum e que mais desperta a atenção dos seus tutores.

-PUB-

O prurido ou comichão é definido como uma sensação desagradável que leva o animal a coçar, lamber ou mordiscar a própria pele. Quando o animal se coça pode fazê-lo de uma forma natural para eliminar insetos ou outros agentes que o estejam a perturbar mas quando a frequência chega a incomodar os seus tutores e a deixar marcas visíveis na pele pode significar que algo não está bem. Uma das causas mais frequentes do prurido são os parasitas externos que se instalam no pêlo e na pele dos nossos animais, nomeadamente pulgas, piolhos, carraças ou ácaros. No entanto, cães e gatos podem coçar-se por um outro motivo mais complexo: as alergias. Alguns cães apresentam uma predisposição genética para as reações alérgicas denominadas “dermatites atópicas”. Estas acontecem porque o sistema imunológico do animal responde de uma forma exacerbada a um estímulo ambiental ou alimentar. Por outras palavras, os animais atópicos reagem excessivamente a agentes ambientais como pólens, ácaros ou fungos e a componentes integrantes dos alimentos expressando-se sob a forma de prurido. As zonas mais afetadas são as axilas, as virilhas, o abdómen, a face ventral do pescoço e as extremidades dos membros. A pele destas zonas fica irritada, vermelha, pode apresentar lesões, infeções secundárias e perda de pêlo. As raças mais predispostas são: Boxer, Dálmata, Chow-Chow, Labrador e Golden Retriever, Setter, Pastor Alemão, Sharpei, Bulldog (inglês e francês) e Terriers (West Highland White Terrier e Yorkshire Terrier).

Toda esta multiplicidade de fatores que desencadeiam o prurido implica também uma diversidade de tratamentos possíveis. O médico veterinário através da realização de exames complementares estabelecerá o diagnóstico e o tratamento adequado.


Sabia que… quando a pulga pica o animal segrega uma substância salivar irritante que é a responsável pela comichão?

Mais Lidas | opinião

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.