Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
No menu items!

Opinião – Há vida depois da escola

Com a chegada do fim do secundário, todos os alunos se deparam com uma escolha que irá condicionar a sua vida futura. Podemos seguir dois caminhos distintos, sendo estes a escolha de um curso superior ou a entrada no mundo do trabalho

-PUB-

A maioria dos alunos opta por escolher um curso superior (universitário). Grande parte deles faz esta escolha segundo as suas preferências, contudo, hoje em dia, essa escolha torna-se cada vez mais difícil devido à subida exponencial das médias, consequência da pandemia de Covid-19 e dos exames deixarem de ser obrigatórios. Outra triste realidade de uma pequena fração dos que ingressam no ensino superior é serem pressionados pela família a escolher determinado curso, podendo ter ou não vocação para essa vertente, havendo possibilidade de se tornarem adultos infelizes, uma vez que poderão exercer numa área com a qual não se identifiquem.

Outra parte dos alunos, decide entrar no mundo do trabalho, sendo os alunos do ensino profissional aqueles que têm mais facilidade e oportunidade de iniciar a sua carreira. É necessário não esquecer que estes também têm acesso ao ensino superior, apesar de ser uma minoria a fazê-lo.

Assim, o futuro irá apresentar diversas adversidades, independentemente da escolha feita após a conclusão do 12.º ano. Todos nós nos podemos deparar com um grande problema atual a nível nacional, o desemprego, ou com o ordenado mínimo muito precário, ou então a falta de emprego dentro da área de formação, o que provoca bastante descontentamento e stress a quem se encontra nestas situações.

Por isso, para prevenir que isto aconteça, as escolas oferecem aos seus alunos palestras informativas, quer a nível da cidadania, quer ao nível do ingresso no mundo do trabalho para lhes implementar valores e conhecimentos, com o objetivo de aprenderem a gerir o seu dinheiro e a viverem em sociedade.

Podemos concluir que a escola tem um importantíssimo papel no nosso futuro, não só em termos profissionais, mas também a nível pessoal, ajudando-nos a crescer.

Conteúdo produzido pelo Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.