Terça-feira, 19 de Outubro de 2021
Mário Lisboa
Tenente-Coronel da Força Aérea. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Coronel Walter Almeida

Faleceu no passado dia 5 de abril o ilustre vila-realense, Coronel Walter da Silva Almeida.

-PUB-

Em Vila Real, a casa onde morou na adolescência ficava situada na estrada do antigo Hospital da Misericórdia, hoje Nervir.

Fez curso liceal na Camilo Castelo Branco. Pertencia à geração do General Jaime Neves e do Dr. Paulino Rocha, que considerava como seus irmãos. Estes dois colegas moravam na emblemática “Casa Diogo Cão”.

Foi revelando desde jovem um espírito sempre carregado de forte personalidade, mas com um sentido de ajudar os mais necessitados.

Em 1955 ingressou na Academia Militar, então Escola do Exército e já como Alferes no início da “Guerra do  Ultramar”, em Moçambique, que, conhecia, de alto a baixo, em várias funções militares e também nos comandos da Polícia de Segurança Pública locais.
Aguentou com firmeza, o momento da Província de Moçambique à Frelimo aquando da independência. Ficou em Moçambique no Governo de então, com Samora Macel para ensinar os novos policias da Frelimo.

Depois de um ano de permanância num Moçambique independente, o então presidente Gebusa convidou-o para ficar mais tempo no novo país, mas ele declinou que até era generoso em termos financeiros.

Regressou a Vila Real em 1976 e passou a 2º Comandante do Regimento de Infantaria 13, onde já tinha estado como capitão.

Finalmente, deixo aqui um poema de amizade: 

Nesta hora de tristeza

Deixaste-me só e a pensar
Que a tua singeleza
Foi superior ao teu bem-estar
Trabalhaste em prol do bem
Teus concerteza num lugar
Que está no além.

És de Vila Real
Cidade que sempre amaste
Às vezes num combate legal
Onde ousaste e desafiaste
Nesta fase da tua vida
Conseguiste a tua liberdade
Onde foi por ti defendida
Até a tua eternidade.

A família esteve sempre primeiro
A amizade também
Num processo verdadeiro
Nesta vida de vai e vem.

Deixou três filhos todos eles também muito virados para Vila Real, onde passaram a sua adolescência.
De realçar o filho mais novo, também Walter, que é um destinto Oficial Superior da Marinha de Guerra Portuguesa, em posto de Capitão de Fragata e com uma carreira Militar que se prevê  extraordinária.
Até a eternidade, Walter Almeida.

Mais Lidas | opinião

O povo é quem mais ordena

Ferrovia Boas Notícias

Beneficiou da Moratória?

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.