Sábado, 24 de Julho de 2021

Mário Lisboa

Tenente-Coronel da Força Aérea. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes
40 Artigos de opinião

O Aeródromo de Vila Real e as anormalidades que nele vão acontecendo

O Aeródromo de Vila Real tem servido, ao longo da sua existência, para catapultar alguns políticos que dele se serviram para gerir o Município Vila-realense e não só.

Quem sorri morre mais devagar

Os anos 40 e o início dos anos 50 foram dominados pelos efeitos devastadores da 2ª Guerra Mundial devido à política expansionista do Führer Adolph Hitler, que, para a conseguir, mandou matar milhares de pessoas.

O panorama aeronáutico de Trás-os-Montes

Nestes últimos 20 anos, a província de Trás-os-Montes tem sido ativada por vários agentes de mobilidade, dos quais o aeronáutico aparece com grande realce.

“Ser ou não ser de Vila Real, eis a questão”

A cidade de Vila Real, a minha terra, conseguiu sempre criar pessoas com elevado nível de humanidade na ajuda aos pobres e aos mais desfavorecidos.

As mudanças do planeta Terra

O Planeta Terra não precisa de ser salvo nem as espécies que nele vivem

Os lares de idosos, o último recurso

Diariamente, os órgãos de Comunicação Social relatam a situação atual e a evolução da Covid-19. Nestes números sobressaem os lares de idosos que, infelizmente, são os mais fustigados

A Força Aérea e a sua presença em Vila Real

De 24 de junho a 1 de julho de 1984, a Força Aérea esteve em Vila Real, onde comemorou o 32º aniversário da sua fundação

No meu tempo era assim

Nos anos 50, a vida de um jovem que frequentava o Liceu Camilo Castelo Branco começava às 8 horas da manhã

Figuras de Vila Real

Ao longo da sua existência, a nossa terra sempre teve vultos que se alcandoraram a lugares e funções do maior prestígio.

O Aeroporto Sá Carneiro mais um

O Aeroporto Sá Carneiro tem um desenvolvimento muito crescente no movimento do tráfego aéreo e em todo o mundo, também o nosso país acompanha esta evolução.

O desenvolvimento de Trás-os-Montes e a época de Verão que estamos a passar

Todos os anos, os meses de junho, julho, agosto e setembro, a nossa região, mesmo com o problema da pandemia, mantém um nível de visitantes impressionante.

Sobrevivendo à quarentena

O mundo todo está com os olhos postos na Covid-19. O vírus, que alastra por todas as latitudes, toca-nos profundamente, desde os mais conscientes e...