Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Alfredo Mota

104 Artigo(s) de opinião

Saúde e Medicina (I)

A pandemia pelo Covid-19 nascida na China e que se espalhou rapidamente e em força por todo o mundo, praticamente não nos ensinou nada de novo.

O 25 de abril e a Europa

Recentemente, passou mais um aniversário do 25 de Abril de 74. O programa das comemorações foi o habitual: discursos, desfiles e gastronomia.

O PCP e a Democracia

Indigna-se o País, e com razão, pelas posições que o PCP tem tomado perante esta guerra desencadeada pela Rússia com a invasão da Ucrânia.

O pior da política

Já aqui afirmei, nas páginas deste jornal, que não sou político, nem nunca militei em nenhum partido, mas o fenómeno em si não me passa ao lado, até porque mesmo que não queiramos vivemo-lo no dia a dia, com as decisões dos governantes, dos autarcas, da administração pública e pela permanente informação e debate nos media.

Livros

Leia não para contradizer nem para acreditar, mas para ponderar e considerar.

tempo de pandemia e de prazeres

Tempo de férias que no meu caso, estando reformado e, portanto, já sem exercer a minha atividade profissional de médico e professor da faculdade, consiste mais em mudar de ambiente e, naturalmente, alterar parte das minhas rotinas diárias.

“É preciso ler Torga para entender Portugal” (Manuel Alegre)

Winston Churchill um dos políticos mais notáveis do século XX e prémio Nobel da Literatura em 1953, salientou que: “Sem um conhecimento da história ninguém compreenderá os problemas do nosso tempo.”

O Nosso falhanço e a “Bazuca”

O insígne catedrático de cirurgia da Faculdade de Medicina de Lisboa, Celestino da Costa, profundo conhecedor do país e um lúcido observador da nossa sociedade, escrevia alguns anos após o 25 de Abril de 1974: “Carecemos de homens educados e tecnologicamente preparados.

“Uma Terra Prometida” de Barack Obama

Já todos os epítetos foram utilizados para classificar o ano de 2020: trágico, catastrófico, mortal, péssimo, inimaginável, desgraçado, destruidor, etc., etc., etc.

Os açores e os “verdadeiros democratas”

O acordo conseguido pelo PSD e outros partidos para governarem os Açores desencadeou por parte dos “verdadeiros democratas”

Lares e não só…

Soube-se agora que no nosso país 40% das mortes devido à Covid-19 ocorreu em lares. Destes, o que mereceu maior atenção, pela negativa, foi o de Reguengos de Monsaraz (RM) onde morreram 18 pessoas

Três retratos de (por) António Barreto

António Barreto (AB), sociólogo, político e um dos mais conceituados intelectuais portugueses da actualidade com uma intervenção social frequente através dos media  deu agora à estampa o livro, “Três Retratos: Salazar, Cunhal e Soares”.