Quinta-feira, 5 de Agosto de 2021

Vitor Pimentel

Empresário. Colunista de A Voz de Trás-os-Montes
74 Artigos de opinião

“Uns e Outros”

Na reta final de elaboração e entrega de listas às eleições autárquicas de 2021, é necessário fazer um exercício de análise sério e objetivo sobre as principais personalidades em disputa, sobre quem queremos a liderar Chaves nos próximos anos.

No rumo incerto

Partido Socialista de Chaves lançou o seu mote de campanha eleitoral: “No Rumo Certo”.

Comunicar(os)

A gestão socialista é pródiga em transformar recursos públicos, parcos e limitados, numa mixórdia pérfida de interesses político-partidários.

Propaganda às nossas custas

Durante a última semana, às custas dos munícipes, foram distribuídos 20 mil exemplares de uma publicação que persiste no erro de se designar “Boletim Municipal”.

A dura realidade

Em quatro anos, tudo isto é pouco, muito pouco

O pequeno (grande) comércio

Chaves, até pela sua proximidade com Espanha, sempre foi uma cidade comercial. Nesse sentido, proteger o pequeno comércio é fundamental para manter uma economia como a nossa.

(I)mobilidade

O Alto Tâmega é a comunidade intermunicipal do país com piores ligações de transportes coletivos de passageiros ao resto do país.

Fixar população em Chaves… É possível!

Aproveitar a nossa situação geográfica, privilegiada tendo em vista possibilidades de promoção de relações transfronteiriças, e cientes da alta potencialidade a nível turístico da região, o caminho para atingir uma velocidade próxima da dos grandes centros irá surgir.

Chaves está a mudar(?)

O Partido Socialista decidiu lançar a sua candidatura aos órgãos autárquicos de Chaves com um slogan tão fraco como indefinido.

Ilusionismo

Ilusionismo é a arte performativa que tem como objetivo entreter o público dando a ilusão de que algo impossível ou sobrenatural ocorreu.

Cultura, mas pouco

O PS empenhou-se numa política cultural completamente desajustada, incoerente e sem qualquer sentido face à realidade local e às circunstâncias

Horizonte

"O horizonte está nos olhos e não na realidade”